Governança Tributária: classificação tributária correta do estoque de produtos e seus respectivos impostos

  • Home
  • Sem Categoria
  • Governança Tributária: classificação tributária correta do estoque de produtos e seus respectivos impostos

Um fator que causa preocupação em muitos empresários e contatores é a correta classificação fiscal das mercadorias, o que interfere diretamente na tributação. Com a grande diversidade de produtos, padronizá-los corretamente torna-se um desafio, porém uma grande necessidade.

Entenda que, no momento da entrada dos insumos ou mercadorias, os sistemas registram suas entradas e alocam seus respectivos valores, inclusive os valores dos tributos. Porém, se o cadastro estiver desatualizado com as normas tributárias ou até mesmo parametrizado de forma indevida, os valores dos tributos vinculados aos produtos ou mercadorias estarão inconsistentes. Neste sentido, o principal objetivo do compliance de Governança Tributária é manter a classificação tributária correta do estoque de produtos e seus respectivos impostos, evitando assim os erros como:

• Não apropriar créditos;
• Apropriar créditos indevidamente;
• Alíquotas equivocadas;
• Bases tributárias divergentes.

Esta solução é destinada a estabelecimentos comerciais e industrias, sejam atacadistas ou varejistas, nos regimes de tributação Lucro Presumido ou Real, e foi desenvolvida para garantir a exatidão e a contabilidade das informações nas respectivas obrigações acessórias.

A Tributarie atua por meio de uma busca de forma automatizada dos documentos fiscais (NF-e/NFC-e/SAT/NFS-e), com armazenagem em uma base de dados na nuvem em tempo real, revisando os seguintes impostos: ICMS, IPI e PIS/COFIN. O trabalho é realizado através de três etapas distintas separadas em módulos:

MODULO I: REVISÃO TRIBUTÁRIA INICIAL DE CADASTRO DE PRODUTOS
MODULO II: REVISÃO TRIBUTÁRIA CADASTRO DE PRODUTOS CONTÍNUA
MODULO III: AUDITORIA DOCUMENTOS FISCAIS E SPED

Você pode tirar todas as suas dúvidas entrando em contato conosco ou por meio no nosso compliance clicando aqui.

Deixe um comentário

Share This